VELHICE NO DISTRITO FEDERAL

30 04 2009

idoso43

Por Ruth Duarte

             Palco de grandes debates políticos e econômicos, Brasília descentraliza parte de seus problemas sociais, como é o caso da situação dos idosos. Na capital da República e entorno, por ser sempre o foco de intrigas e jogos de interesses envolvendo os três poderes, uma parcela considerável da população do Distrito Federal padece com a irônica falta de políticas públicas referentes à terceira idade.

            A garantia de que nenhum idoso será objeto de qualquer tipo de negligência, discriminação, violência, crueldade ou opressão, está assegurada na lei. A realidade do Brasil e do Distrito Federal é outra. São comuns as cenas de ônibus que não param para os mais velhos; de idosos barrados nas estações rodoviárias interestaduais, pois as empresas não respeitam as cotas de passagens grátis que eles têm direito e dentre outros desacatos, toda a burocracia do acesso à saúde. Longa fila, longa espera, o não atendimento médico e os remédios inflacionados, são alguns dos problemas que os idosos enfrentam. Outra deficiência é a falta de projetos sociais e de lazer que o governo oferece aos mais velhos. A alternativa que a terceira idade tem são as associações que oferecem uma qualidade de vida a eles, sem contribuição alguma do governo. Como é o caso da Associação Capoeira Ladainha.

idoso23

             O projeto Capoeira Ladainha foi fundado pelo Mestre Gilvan Alves de Andrade de – 46 anos, é voltado para a 3ª idade e usa os movimentos de capoeira para que os idosos deixem o sedentarismo. Desde 1998 os idosos se reúnem nos centros do Ladainha e além de fazerem exercícios físicos, vêem nesses encontros a oportunidade de socializar com as outras pessoas. A associação  oferece aos idosos viagens ao longo do ano; turismo social é um dos vários projetos reconhecidos até pelo Unicef – Fundo das Nações Unidas para a Infância.

            O projeto Capoteria não tem incentivo direto do governo, ao longo dos anos, obteve parcerias como a Universidade Católica, dentre outros. Segundo Gilvan esse trabalho voluntário é muito gratificante, “É impressionante a felicidade que eles ficam quando chegam para fazer a capoterapia. Temos idosos que largaram o alcoolismo e saíram de depressões profundas. Meu objetivo é passar a história do idoso adiante, por isso estou com um novo projeto – Banner Itinerante, no qual serão 50 espalhados pela cidade com a história de vida de cada idoso”. Informações http://www.capoterapia.com.

idodo-13

            Segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, o Brasil até 2020 será o sexto país do mundo em população idosa; com o aumento da expectativa de vida, o país tem a responsabilidade de garantir aos idosos os direitos básicos e fundamentais para que envelheçam em melhores condições. Para a concretização desse objetivo é preciso que novas políticas públicas sociais sejam implantadas e, as já existentes têm de ser respeitadas pela sociedade. As políticas brasileiras, como o estatuto do idoso, chamaram a atenção de alguns países da América Latina, como Chile e Peru, que já cogitaram a possibilidade da tradução para o espanhol. Tal Estatuto tem uma legislação eficaz à proteção da terceira idade, no entanto, não é respeitado, como é o de costume das leis no Brasil.

            De acordo com o funcionário público e professor, Francisco Barbosa de 60 anos, é preciso que o governo faça campanhas para a conscientização da sociedade. “O respeito às leis e a imagem do idoso tem de ser divulgado pela mídia constantemente. Temos campanhas da dengue, campanhas para não beber, para o uso de camisinha, porém não temos campanhas pregando o respeito e a solidariedade ao mais velho”.

            É fundamental que o governo do Distrito Federal faça novas diretrizes para a política social da terceira idade. Mais necessário ainda, é o trabalho de conscientização da sociedade, e principalmente dos mais jovens, de que eles serão os idosos de amanhã. Para que a lei seja cumprida é preciso que a população a conheça e a respeite.


Actions

Information

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s




%d bloggers like this: